Desde a criação das criptomoedas, houve uma certa controvérsia quanto ao investimento em Bitcoin. No decorrer de 2014, um grande número de investimentos com capital de risco foi feito em negócios associados a Bitcoin. Ao mesmo tempo, com a flutuação do preço dessa moeda digital, os investidores de Bitcoin foram forçados a seguir regulamentações quanto a fraude e roubo, principalmente após a queda da exchange de Bitcoin Mt. Gox.Contudo, de acordo com diversos especialistas de vários fundos de investimento de Bitcoin, essa moeda virtual é o investimento de mais alto risco e mals alto retorno disponível por aí. Estudiosos acreditam que ou o Bitcoin se tornará a moeda global, o sistema de pagamento mundial, a rede universal de transferência de deinheiro e um determinante absoluto de valor, ou nada disso.

O investimento em Bitcoin envolvendo compra e acúmulo de capital é muito diferente do investimento padrão em uma entidade capitalista. O Bitcoin por si só possui potencial, ao invés de uma empresa, estratégia de negócios e um conselho de diretores. Com isso vem o risco e a vulnerabilidade. Assim como qualquer outro investimento, o investimento em Bitcoin exige conhecimento e habilidade. Investidores devem seguir a regra principal – não invista o que você não pode perder.

Estatísticas da CoinDesk mostram que no começo de 2013 o preço do Bitcoin era de aproximadamente $13 e no mesmo período do ano seguinte era de $700. Mark T. Williams, um especialista bancário e em gestão de riscos e professor na Escola de Gestão da Universidade de Boston, diz que Bitcoin tem um risco 7 vezes maior que ouro, 8 vezes maior que o S&P 500 (os 500 da Standard & Poor’s, um índice do mercado de ações baseado na capitalização do mercado de 500 grandes empresas) e 15 vezes maior que moedas fiduciária.

Embora alguns investidores se sintam desconfortáveis com a natureza puramente virtual dos Bitcoins, o seu maior ponto positivo – a descentralização – chama a atenção de muitos que já lidaram com governos agressivos tentando controlar moedas fiduciárias. O movimento do Bitcoin não pode ser limitado a torná-lo forte e com alto potencial. Claro, isso não agrada autoridades governamentais de vários países, como os Estados Unidos. Foram emitidos diversos alertas vindos da Comissão de Títulos e Câmbios dos EUA (SEC), da Autoridade de Regulamentação Financeira Industrial (FINRA), e da Associação dos Administradores de Segurança Norte Americana (NASAA) em 2013. Eles tem avisado sobre os riscos de investir em Bitcoins e outras moedas virtuais (Peercoin, Dogecoin, e Minacoin), alertando sobre esquemas de pirâmide e adicionando moedas digitais à lista de 10 maiores ameaças aos investidores. Entretanto, muitos investidores de Wall Street expressam seus certezas, empolgações e conforto com as perspectivas de risco que Bitcoins trazem.

Atualmente, quando se trata de investimento em Bitcoins, a comunidade de criptomoedas se baseia em inúmerias exchanges de Bitcoin que já provaram a sua confiança e mantêm uma boa reputação com serviços de qualidade, alto nível de segurança e bom suporte. CEX.IO, BitStamp, CoinBase e outras estão definitivamente entre elas.

O tempo dirá se o investimento em Bitcoin é um ponto seguro ou uma roleta Russa afinal, mas nós confiamos mesmo nas criptomoedas, não é?